2018-10-17
Novos módulos de água quente Toshiba para sistemas de ar condicionado VRF
Toshiba

Arrefecimento, aquecimento e produção de água quente simultâneos e energeticamente eficientes com um único sistema.
 

A Toshiba, líder global em sistemas de ar condicionado de elevada eficiência e elevado desempenho, anunciou hoje o seu novo módulo de água quente para sistemas de ar condicionado VRF. O avançado sistema SHRM-e VRF da Toshiba tem capacidade para efetuar arrefecimento e aquecimento simultâneos num único circuito de refrigerante. Quando equipado com os novos módulos de água quente da Toshiba, o SHRM-e pode efetuar uma produção estável de água quente, energeticamente eficiente e ecológica para aplicações sanitárias. Trata-se de uma importante inovação do fabricante japonês. 

 

O SHRM-e é a solução altamente eficiente da Toshiba para necessidades simultâneas de aquecimento e arrefecimento em edifícios de médias e grandes dimensões. Equipado com uma caixa seletora de fluxo simples ou de múltiplas saídas, o sistema direciona o fluxo de refrigerante para aquecer ou arrefecer simultaneamente diferentes zonas e espaços. A energia recuperada pela unidade durante o aquecimento pode ser reutilizada para o arrefecimento para maximizar a poupança energética. Isto permite um controlo livre e autónomo da temperatura em todas as unidades interiores, garantindo uma temperatura exata em cada divisão. A utilização do calor que de outra forma seria desperdiçado permite ao sistema poupar energia, aumentar a eficiência e reduzir o desperdício de energia, sob a forma de calor. 

 

Com esta tecnologia de recuperação do calor e com os compressores rotativos duplos da Toshiba no centro do sistema, o VRF da Toshiba consegue proporcionar poupanças ao nível da eficiência energética de até 25%. O seu controlo infinitamente variável acionado por um variador ajusta constantemente a velocidade de funcionamento dos compressores em tempo real, garantindo que a potência corresponde exatamente às exigências do utilizador final. Isto permite que o VRF da Toshiba apresente um desempenho máximo e eficiência sazonal líder na sua classe tanto no modo de arrefecimento, como no modo de aquecimento.

 

A instalação do novo módulo de água quente num sistema SHRM-e de 3 tubos permite que este produza água quente a 80 °C ou mais para aplicações sanitárias, mesmo durante ciclos de arrefecimento. A produção de água quente é também útil para climatização através de pavimentos radiantes ou radiadores, mas também para a desinfeção e restauração. Combinado com o sistema VRF SHRM-e, este novo módulo de água quente é ideal para ambientes onde seja necessário aquecer e arrefecer zonas distintas com ar condicionado otimizado, desfrutando simultaneamente de um fornecimento fiável de água quente, de grande capacidade e energeticamente eficiente durante todo o ano.

Os ambientes onde frequentemente é necessária água quente incluem: 

 

•  Hospitais, onde o aquecimento e a arrefecimento são controlados separadamente nos diferentes pisos e até edifícios e onde são necessários grandes volumes de água quente;

•  Escolas, escritórios ou lojas, onde a temperatura tem que ser ajustada frequentemente e onde é necessário acesso permanente a água quente para zonas de restauração, cozinhas ou refeitórios;

•  Instalações como ginásios ou piscinas, onde o arrefecimento é utilizado durante todo o ano em salas de treino e o aquecimento é utilizado em vestiários - e onde existe uma necessidade constante de fornecimento de água quente;

•  Instalações de lazer de grandes dimensões, como hotéis e resorts, onde as áreas onde se encontram os ginásios, spas, quartos de hóspedes ou restaurantes necessitam de um controlo independente do ar condicionado - e onde são necessários grandes volumes de água quente para chuveiros, piscinas, banheiras e cozinhas.

 

Os módulos estão disponíveis em várias versões: de 8 kW ou 16 kW para requisitos de temperaturas médias, de 25 °C a 50 °C, ou de 14 kW para requisitos de temperaturas elevadas, de 50 °C a 82 °C. Desenvolvidos pela Toshiba para funcionarem em condições ambiente com grande amplitude térmica, de -25 °C a +40 °C, para uma utilização durante todo o ano, os módulos podem ser controlados remotamente e permitem uma elevada flexibilidade no que se refere à produção de água quente. 

 

As unidades são compactas e leves - 70 cm x 90 cm x 32 cm e 100 kg para o módulo de alta temperatura e 58 cm x 40 cm x 25 cm e até 20,3 kg para o módulo de temperaturas médias - permitindo uma instalação simples.

De forma a simplificar a integração do produto, os instaladores podem projetar e desenvolver sistemas personalizados, incluindo a configuração de componentes hídricos e tubagens de água com base em diferentes requisitos dos clientes, com maior liberdade na instalação e ligação, graças à ampla compatibilidade com componentes de terceiros e à elevada tolerância ao nível do comprimento das tubagens.

 

 

O texto acima é da inteira responsabilidade da empresa/entidade em causa. FONTE: Press Release

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições