2017-05-11
Thyssenkrupp é a pioneira na conversão de elevadores existentes em unidades net zero energy
thyssenkrupp

Thyssenkrupp apresentou ontem no Fórum Global de Eficiência Energética 2017, em Washington, a sua mais recente inovação para tornar a mobilidade urbana mais verde: um sistema net zero energy que também pode ser aplicado aos elevadores já instalados. Os edifícios são responsáveis pelo consumo de 40% do global de energia, pelo que esta inovação assinala o momento de viragem para a indústria da construção e abre as portas a novas tecnologias para poupança de energia.

 

Para desenvolver esta tecnologia a thyssenkrupp inspirou-se nos longos ciclos de vida dos elevadores. Em média, os elevadores permanecem nos edifícios 15 anos, sendo, em cada ano, as novas instalações responsáveis por apenas com 6% no total das 12 milhões de unidades atualmente em operação. Em todo o mundo, os elevadores transportam diariamente mais de um bilião de pessoas e totalizam até 10% do consumo de energia de um edifício. Por este motivo, para a thyssenkrupp era fundamental apresentar uma solução que melhorasse a eficiência nos elevadores já existentes, contribuindo para a redução do consumo global de energia no espaço já construído.  

 

O conceito net-zero visa melhorar a eficiência energética mesmo quando o elevador está inativo, o que pode chegar a 70% da sua média de vida. Este conceito usa novos tipos de controladores que colocam o elevador em “hibernação” ou a “dormir” quando não está em funcionamento. A energia necessária pode ser gerada através de painéis solares, o que permite ainda gerar mais energia do que aquela que é consumida.

 

Andreas Schierenbeck, CEO da thyssenkrupp Elevator, acrescenta “os elevadores são muitas vezes negligenciados, mas representam um papel muito importante no futuro da eficiência energética das nossas cidades. Estamos muito felizes por apresentar o resultado deste novo conceito, que vai permitir estabelecer a fasquia para a próxima geração de inovação inteligente em poupança de energia.

 

O teste para o conceito net-zero foi bastante rigoroso. O sistema foi instalado num edifício que tem mais de 100 anos, com o objetivo de validação do projeto por uma terceira entidade, o Centro Fraunhofer nos Estados Unidos da América. O objetivo era transformar a sede da empresa em Boston, no centro modelo no que respeita à eficiência energética.

 

O conceito elevador net-zero faz parte da ambição maior da thyssenkrupp de apresentar produtos e serviços cada vez mais inteligentes, que permitam a mobilidade urbana e a poupança energética. Outras inovações no portfolio da thyssenkrupp incluem o MAX – a primeira nuvem na indústria dos elevadores que permite fazer uma manutenção preditiva, com maior eficiência ao nível do serviço; o MULTI – o primeiro elevador que se movimenta na horizontal e vertical; o ACCEL – o primeiro sistema de transporte que melhora o acesso às estações de metro ao permitir transportar até mais 30% de passageiros, e aos aeroportos, ao reduzir o tempo de ligação entre portas de embarque até 70%.

 

 O texto acima é da inteira responsabilidade da empresa em causa. FONTE: Press Release


 

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições