2018-09-26
Tetos PERLA da Armstrong com certificado “Cradle‐to‐Cradle”, inovação e eficiência energética
Armstrong

A Armstrong volta a apostar na inovação e na eficiência energética através dos modelos de tetos PERLA, que ostentam a certificação “Cradle‐to‐Cradle” (C2C), nível Bronze. Visando continuar a reduzir ao máximo o impacto ambiental, a Armstrong foi já pioneira a nível mundial com o lançamento da ULTIMA+, a primeira gama completa de tetos técnicos detentora deste certificado.

 

A certificação C2C representa uma mudança de paradigma no pensamento dos designers e fabricantes de um produto relativamente ao seu design, composição e destino após a sua utilização. Para conseguir obter esta certificação, o modelo deve cumprir um mínimo de requisitos em aspetos como os produtos químicos utilizados, a reutilização dos materiais ou a energia e água usadas no fabrico dos tetos.

 

Fabricadas com até 64% de material reciclado (Perla dB), as placas acústicas da gama PERLA da Armstrong são 100% recicláveis, pelo que se inserem no programa de reciclagem de tetos da empresa. Além disso, têm um elevado desempenho ao nível do controlo da qualidade do ar em espaços fechados, avalizado pelas certificações COV A+ e ISO 5, que garantem emissões mínimas de compostos orgânicos voláteis. Dotadas de uma reflexão lumínica de até 86%, permitem também conceber espaços mais luminosos, melhorando assim o conforto visual dos ocupantes. Contribuem para a obtenção de uma maior poupança energética e consequentemente para uma maior eficiência energética dos edifícios.

 

A gama é composta pelos modelos PERLA, PERLA OP 0.95, PERLA OP 1.00 e PERLA dB


Os tetos PERLA proporcionam um ótimo equilíbrio acústico, com uma alta absorção do som combinada com uma excelente atenuação do ruído. São, por isso, a solução ideal para instalar em salas de reuniões e de conferências, nas salas de aulas de estabelecimentos de ensino ou em salas de espera.

 

Os tetos PERLA OP 0.95 e OP 1.00 oferecem uma excelente atenuação do som, pelo que a sua instalação é recomendada em espaços abertos onde é fundamental controlar o ruído ambiental, caso de escritórios em pleno aberto, centros de atendimento ao cliente, bibliotecas ou cafés. O primeiro é fabricado com até 79% de material reciclado, enquanto o segundo tem 36%. Ambos são 100% recicláveis. Além disso, têm um elevado desempenho ao nível do controlo da qualidade do ar em espaços fechados, avalizado pela certificação ISO 5, que garante emissões mínimas de compostos orgânicos voláteis. A superfície plana da PERLA OP é revestida por uma película de fibra de vidro e possui uma textura fina de design de cor mate, que confere uma maior luminosidade aos espaços e proporciona aos usuários um excelente conforto acústico. Dotados de uma reflexão lumínica de até 85%, contribuem para a obtenção de uma maior poupança energética e, consequentemente, uma maior eficiência energética dos edifícios.

 

Características PERLA OP:

- Certificação: Cradle‐to‐Cradle, ISO 5, COV A+
- Elevado nível de absorção acústica: 0,95αw ou 1,00αw - Resistência à humidade: 95% RH
- Reflexão da luz até 86%.
- Conteúdo reciclado: até 79% no Perla OP 0.95.
- 100% recicláveis.
- Rebordos melhorados.

 

Os tetos PERLA dB asseguram ainda uma excelente atenuação do som, sobretudo em espaços onde a privacidade entre divisões é importante, ou para atenuar sons emitidos ou que trespassam verticalmente, pelo que são ideais para instalar em gabinetes individuais, consultórios médicos ou quartos de pacientes em centros hospitalares.

 

Os tetos Perla e Perla 0.95 são compatíveis com o sistema TechZone da Armstrong, que permite conceber zonas técnicas com uma integração harmoniosa dos elementos de serviço mais comuns do mercado (iluminação, difusores, etc.), e contribuem para a preservação do meio‐ambiente.

 

 

O texto acima é da inteira responsabilidade da empresa/entidade em causa. FONTE: Press Release

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições