2017-07-06
Solzaima afirma presença internacional com prémio de design
Filipa Cardoso

A Fogo Montanha, marca da empresa portuguesa Solzaima, recebeu, esta segunda-feira, a distinção internacional Red Dot Design Award 2017 na categoria “Design de Produto”, pela salamandra Natura Cork, a primeira no mundo a usar a cortiça como revestimento principal. Para além do prestígio e orgulho que o prémio traz à marca, a fabricante portuguesa espera que este seja também uma forma de abrir portas aos mercados internacionais.

 

Com design português e fabricada em Portugal, a Natura Cork é uma salamandra de elevado rendimento, revestida por cortiça com tratamento ignífugo e com elevado isolamento de forma a resistir à temperatura. A solução permite canalizar o ar do exterior da habitação para dentro do equipamento, entre muitas outras características.

 

O prémio surge como “um marco relevante” naquela que é uma das apostas da empresa de Águeda: a internacionalização. “[É] De certa forma, o reconhecimento do caminho que temos andado a percorrer com a marca e com os nossos produtos”, conta Nuno Sequeira, CEO da Solzaima. Este reconhecimento é ainda mais importante num mercado tão exigente como o europeu, confessa – “Nunca é fácil a um fabricante e uma marca portuguesa serem reconhecidos na Europa como produtos de qualidade, pelo que o facto de termos sido premiados no maior concurso de design europeu irá trazer este reconhecimento e abrir mais facilmente as portas de mercados difíceis e exigentes, como a Alemanha”.

 

Num mercado com tanta oferta e tão competitivo como o de hoje, Nuno Sequeira acredita que o design, a concepção ecológica e a preocupação pela eficiência dos equipamentos devem ser “uma obsessão” para os fabricantes modernos. “O consumidor tem opções de escolha cada vez maiores e acesso a toda a informação na palma da mão – razão pela qual só escolherá o que lhe for apelativo sob todas as formas – estética, ergonómica e económica. (…) O consumidor tem cada vez mais a noção de que tem de racionalizar, de fazer escolhas inteligentes e escolhas que lhe tragam qualidade de vida, ao melhor custo possível. A consciência ecológica traduz-se também em poupança, nomeadamente nos consumos, melhoria da qualidade do ar que respiramos – no fundo, na melhoria do conforto da nossa habitação a um custo razoável”, argumenta.

 

Arrecadada a distinção e reforçado o caminho da internacionalização, a Solzaima vai agora apostar em “informar o consumidor” sobre as soluções de aquecimento a biomassa. “Creio que existe ainda em Portugal um desconhecimento grande”, refere Nuno Sequeira, convicto de que “uma boa parte dos portugueses escolheria a biomassa se percebesse o rationale e se conhecesse as soluções de aquecimento a lenha ou a pellets”.

 

“Se pensarmos globalmente, veremos que o aquecimento a biomassa é a melhor e mais ecológica forma de aquecermos a nossa casa. Em Portugal, temos uma floresta que cobre cerca de 40 % do nosso território e a normal limpeza anual das matas e florestas nacionais – que é fundamental para não termos desastres ecológicos e humanos na época do Verão – permitiria o material lenhoso suficiente para aquecer todas as habitações de Portugal, melhorando inclusivamente a balança comercial portuguesa, pois as restantes formas de energia fóssil são todas importadas”, defende.

 

Ainda assim, há já alguns sinais de mudança de comportamentos, já que as salamandras, recuperadores e caldeiras de pellets são um segmento que tem vindo a registar um “elevado crescimento” no mercado nacional, aponta o gestor. “São soluções que têm muito para crescer e nas quais estamos a apostar de forma muito forte, para melhorar, a cada dia, o seu funcionamento e a facilidade para o utilizador, nomeadamente tornando acessíveis os produtos e tendo interfaces móveis que resolvem as incomodidades dos clientes neste tipo de produtos”.

 

Considerado o “Oscar do design”, o Red Dot Design Award existe desde 1955. Este ano, a cerimónia de entrega dos prémios teve lugar em Essen, na Alemanha, e contou com alguns dos nomes maiores de criadores e designers mundiais. Para além da categoria de produto, são ainda reconhecidas as categorias de design de comunicação e de conceito, contando para o resultado final o grau de inovação, qualidade, funcionalidade e compatibilidade ecológica. No júri, composto por 40 especialistas, destacam-se personalidades como David Andersen e Jimmy Choo.

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições