2018-12-03
Schneider Electric anuncia a nova geração de EcoStruxure Building, a primeira plataforma de inovação aberta para edifícios
Schneider Electric

A Schneider Electric, líder na transformação digital em gestão de energia e automação, anuncia o lançamento da nova geração do EcoStruxure Building, a primeira plataforma aberta de inovação para edifícios do setor.

 

O EcoStruxure Building é uma arquitetura IP aberta end-to-end que permite uma rápida conectividade com os dispositivos IoT, simplificando o arranque e agilizando alterações nas instalações. A plataforma proporciona uma gestão integrada, permitindo a interligação entre os vários sistemas existentes num edifício, incluindo sistemas de terceiros e dispositivos. Graças à sua oferta de aplicações, ferramentas analíticas e serviços, os clientes podem aceder a análises avançadas e tomar decisões com base na condição e em tempo real. 

 

O EcoStruxure Building oferece aos proprietários dos edifícios e aos profissionais do setor imobiliário até cerca de 15% de aumento do valor dos seus edifícios e até mais 6% de valor no arrendamento.

 

Para os programadores, integradores de sistemas e membros do programa de parceiros EcoXpert da Schneider Electric, o EcoStruxure Building possibilita uma implementão até 30% mais rápida. O novo sistema Enterprise Central proporciona até 10 vezes mais escalabilidade, permitindo facilmente controlar desde um pequeno escritório até uma multinacional com milhares de edifícios conectados. Além disso, as aplicações para smartphones permitem uma maior eficiência em engenharia que facilita uma maior rapidez, repetitividade e consistência.

 

A arquitetura EcoStruxure Building tem vindo a obter inúmeros reconhecimentos para a Schneider Electric, valendo-lhe, entre outros, a posição de liderança no relatório Green Quadrant, da Verdantix, sobre software de otimização de instalações. O Green Quadrant destaca a sua gestão de risco energético e das faturas da eletricidade, a sua recolha e monitorização de dados de instalações, bem como o rendimento energético em projetos de gestão de energia. «No nosso relatório Facility Optimization Software deste ano, a Schneider Electric posicionou-se claramente na liderança», garante Derrek Clarke, analista da indústria da Verdantix. «Com a nova geração do EcoStruxure Building, as soluções da Schneider Electric tornam-se ainda mais inovadoras, levando a eficiência operacional dos edifícios para o nível seguinte.» Além disso, a Schneider Electric foi galardoada pela Navigant Research como possuindo o melhor sistema de gestão de edifícios (BMS – Building Management System) do mercado.

 

Entre os novos elementos do EcoStruxure Building encontra-se a aplicação analítica EcoStruxure Building Advisor que, de forma automática, proporciona uma manutenção com base na condição através de múltiplas instalações, permitindo resolver até 80% dos problemas do edifício de forma remota, reduzindo a manutenção reativa em até 29%, os custos de energia em até 30% e as queixas dos ocupantes, em média, em 33%.

Por outro lado, o EcoStruxure Building Operation 2.0 foi concebido com base na melhor ciberssegurança, permitindo uma experiência personalizada do utilizador por meio de uma conexão via servidor web (WebStation) e aplicações móveis para programar, instalar todos os dispositivos e proporcionar um acesso móvel. O servidor de supervisão, Enterprise Central, melhora a capacidade de monitorização e controlo, passando de mais de 200 servidores para mais de 2500 para as grandes empresas multi-site.

 

A plataforma aberta baseada em padrões, utiliza um ambiente Smart Connector, que permite aos integradores de sistemas desenvolver aplicações inovadoras e oferecer informação prática através de relatórios e painéis de configuração simplificada. Também inclui soluções IP integradas para edifícios comerciais como os controladores SmartX IP e os sensores SmartX Living Space, a nova geração de controladores e sensores multifuncionais que aproveitam os padrões da indústria e os protocolos de IP abertos para melhorar em cerca de 30% a eficiência em engenharia e cerca de 20% em termos de rapidez de implementação, graças à aplicação móvel eComission.

 

“A nova geração do EcoStruxure Building oferece grandes vantagens tanto para clientes como para parceiros que pretendam reinventar os edifícios”, afirma Laurent Bataille, Executive Vice President Ecobuilding Division da Schneider Electric, “Ajuda a melhorar não apenas a eficiência energética como também a eficiência operacional de integração e engenharia associadas. Além disso permite melhorar o conforto e a produtividade dos ocupantes dos edifícios, uma das chaves para a contração e retenção de talento. Finalmente, como o EcoStruxure Building é escalável e está preparado para o futuro com as suas funcionalidades IP, irá apoiar os proprietários e construtores de edifícios a aumentar o valor das suas propriedades a longo prazo”.

 

O EcoStruxure Building integra a arquitetura EcoStruxure da Schneider Electric. O EcoStruxure é a plataforma e arquitetura habilitada para IoT, aberta e interoperável da Schneider Electric.  Agora impulsionado por serviços digitais e de cloud, o EcoStruxure oferece um valor elevado no que diz respeito a segurança, fiabilidade, eficiência, sustentabilidade e conectividade. O EcoStruxure aproveita os avanços em IoT, mobilidade, sensores, cloud, análise e segurança cibernética, de forma a proporcionar inovação a todos os níveis, desde produtos conectados, edge control, aplicações, analítica e serviços. O EcoStruxure foi implementado em mais de 480.000 instalações, com o suporte de 20.000 integradores de sistemas e developers, conectando mais de 1.6 milhões de ativos geridos através de 40 serviços digitais.

 

 

 O texto acima é da inteira responsabilidade da empresa/entidade em causa. FONTE: Press Release

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições