2014-06-06
Estocolmo sem combustíveis fósseis em 2050

A capital da Suécia passou das intenções ao planeamento e apresentou um roteiro para se tornar uma cidade sem combustíveis fósseis em 2050. Este plano de Estocolmo apresenta medidas para aumentar a eficiência e investir em fontes de produção renovável de energia, com um phasing out do recurso a energia fóssil. 

 

Com medidas previstas para a produção energética, uso de energia em edifícios, transportes e compensação de emissões, o plano apresenta análises sectoriais do consumo de combustíveis fósseis e possibilidades alternativas. Segundo o cronograma apresentado por Estocolmo, algumas das acções passam por implementar centrais de energia solar até 2020, melhorar a eficiência energética de edifícios públicos e privados até 2022, ou criar ‘zonas ambientais’ até 2040, nas quais os combustíveis fósseis estejam completamente banidos. 

 

Depois de um ano de consulta pública, o documento foi aprovado a 24 de Março em Assembleia Municipal da cidade. Através da análise de diferentes cenários, a capital da Suécia considera possível alcançar uma eliminação do uso de combustíveis fósseis, embora haja excepções previstas para o sector dos transportes marítimos e aéreos, assim como para as redes de distribuição de aquecimento urbano. O roteiro prevê uma diminuição de emissão de gases de efeito de estufa de 3,200 milhões de toneladas em 2010 para 450 mil toneladas em 2050.

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições