2017-08-02
O que é eficiência energética? É a pergunta do INESC TEC aos portugueses

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) está a conduzir, junto da população portuguesa, um inquérito que visa o desenvolvimento de ideias inovadoras que beneficiem o meio ambiente e contribuam para a poupança financeira dos consumidores. A iniciativa está integrada no projecto europeu GReSBAS, do qual fazem parte o INESC TEC, em Portugal, a Universidade Técnica de Istambul (ITU) e a MAKEL, na Turquia.

 

A pretensão deste inquérito – assim como do projecto europeu – é a promoção de comportamentos eficientes do ponto de vista energético. Desligar os equipamentos electrónicos quando já não os vamos usar mais, evitar usar o elevador sempre que possível, abrir janelas em vez de ligar o ar condicionado, ou desligar as luzes quando uma divisão é abandonada. Estes são apenas alguns exemplos de comportamentos que contribuem para um consumo energético mais sustentável.

 

“Queremos desenvolver uma plataforma que esteja ajustada à realidade de cada utilizador, mas para isso precisamos de perceber quais as suas necessidades”, explica Joel Soares, investigador do Centro de Sistemas de Energia do INESC TEC. “É um projecto que pretende que todos ganhemos”, garante. “As casas e os edifícios podem tornar-se mais eficientes, os consumidores poupam dinheiro e todos ajudamos o planeta”.

 

O projecto GReSBAS vai instalar demonstradores equipados com sistemas de automação para monitorizar consumos e implementar acções, em Portugal e na Turquia. Aqui, a novidade reside no facto de ser através de uma plataforma de jogo, que analisa comportamentos e prevê consumos de energia, que o projecto pretende incentivar comportamentos orientados para uma maior eficiência energética. Serão utilizadas técnicas de ludificação e características de jogos que permitam simular situações do mundo real, de modo a gerir a energia de forma mais eficiente.

 

A consulta aos consumidores decorre até Setembro, podendo ser respondida aqui. Em Outubro, os dados recolhidos serão tornados públicos e a, partir daí, serão realizadas várias acções de sensibilização.

 

Mais informações sobre o projecto europeu podem ser encontradas em http://gresbas.eu/gresbas-site/en/.

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições