2019-04-15
Lathi, Lille e Estrasburgo são as finalistas ao prémio Capital Verde Europeia 2021
David Alvito

As cidades de Lahti, na Finlândia, e Lille e Estrasburgo, em França, são as finalistas ao prémio “Capital Verde Europeia 2021”. O anúncio foi feito pela Comissão Europeia, que apontou, igualmente, os próximos passos das cidades finalistas. As três metrópoles terão agora de convencer o júri do concurso e mostrar que estão comprometidas a atingir metas ambiciosas para a melhoria ambiental e desenvolvimento sustentável, e que se encontra disponíveis para agir de modo a promoverem as melhores práticas e a serem modelos que sirvam de inspiração a outras metrópoles.

 

A cidade vencedora será conhecida a 20 de Junho, em Oslo. Para Karmenu Vella, Comissário Europeu do Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, “estes prémios mostram que as cidades estão a colocar os seus cidadãos em primeiro lugar, oferecendo uma visão sustentável. Como finalistas, estas cidades já deram o primeiro passo para provarem as suas credenciais. Estou confiante de que podem ser modelos inspiradores, demonstrando como é que as nossas cidades podem ser melhores e mais saudáveis. E é sobre que isso que estas competições são”.

 

A cidade que foi distinguida com o título de “Capital Verde Europeia” irá arrecadar um cheque no valor de 350 mil euros. Já quanto ao prémio “European Green Leaf 2020” , que premeia cidades que tenham entre 20 mil e 100 mil habitantes, as cidades finalistas são Lappeenranta (Finlândia), Limerick Irlanda) e Mechelen (Bélgica). A cidade vencedora será distinguida com 75 mil euros.

 

O prémio “Capital Verde Europeia” surgiu em 2008 e, anualmente, pretende distinguir cidades, com mais de 100 mil habitantes. Lisboa será a “Capital Verde Europeia” em 2020, juntando-se a cidades como: Estocolmo (Suécia), Hamburgo (Alemanha), Vitoria-Gasteiz (Espanha), Nantes (França), Copenhaga (Dinamarca), Bristol (Reino Unido), Liubliana (Eslovénia), Essen (Alemanha), Nijmegen (Holanda) e Oslo (Noruega).

 

A partir de 14 de Maio abrem as candidaturas para a “Capital Verde Europeia” de 2022. No dia 27 do mesmo mês, a Comissão Europeia organiza, em Bruxelas, um workshop, onde fornecerá, às cidades interessadas, todos os dados e informações, de modo a colocarem em prática a sua candidatura.

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições